[PR] 求む!タイピング初心者

[PR] 無料でタイピング練習☆

VIDEOS

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

NA PASSARELA ANOS 80 E 90


Com tricô, flores e estampas, anos 80 e 90 dominam passarelas mineiras
Com Isabella Fiorentino e Marina Ruy Bsrbosa na plateia, grifes mineiras mais uma vez apostaram no esportivo














































O segundo dia de desfiles da 13ª edição do Minas Trend Preview levou para as passarelas inspirações nos anos 80 e 90, confirmando ainda mais a onda esportiva que promete vir com força para o outono-inverno 2014, com os desfiles das grifes Aurea Prates e Gig. O trabalho quase autoral do estilista Luiz Claudio e a moda jovem da John John também pisaram nas passarelas mineiras. Na primeira fila, Marina Ruy Barbosa e Isabela Fiorentino prestigiaram o desfile da Gig, que teve direito a trilha ao vivo com DJ inglês Sebastian Bartz.

Com o tema Boho-Grunge, último movimento do começo dos anos 90, a Aurea Prates trouxe uma coleção não totalmente literal à inspiração. Os xadrezes do grunge vêm em aplicação de fitas de organza preto sobre fundo nude ou azul, cortadas a fio. As flores do boho são aplicadas em tons de azul, preto e areia sobreposta, criando um efeito camuflado.
Seguindo as tendências esportiva dos anos 80 e 90, a grife foi outra que apostou nas jaquetas tipo bombers, nas calças jogging, em blusões típicos da época, também chamados sweat-shirts. Essas peças ganham tratamento delicados e surgem em tecidos nobres, com mistura de pesos, como organza, tweed e tricô, além de aplicações de flores e plumas.  Saias-lápis em comprimento que desce até o mídi também estão entre as peças-chaves da coleção. Alguns modelos de saias e vestidos vinham justos com babadinhos na barra para dar movimento. Outros ganhavam patchwork de texturas, foscas e brilhantes.


Gig
O requintado tricô da Gig trouxe uma pegada mais jovem para o inverno 2014. A grife deixou de lado fios de lurex, como visto em várias de suas criações, para trazer estampas étnicas, gráficas e ópticas. As cores que formam os desenhos vão do amarelo, preto e branco, como no conjunto usado por Vivi Orth na abertura do desfile, ao azul, branco e amarelo, no vestido justo de Renata Kuerten, que encerrou a apresentação. Aliás, todas as modelos vinham com perucas pretas curtas, com os fios desfiados. De acordo com o Bruno Venâncio, responsável pela beleza, a inspiração veio de loiro David Bowie.

As formas podem vir mais amplas também, em alguns vestidos, saias, maxiblazers e maxicoletes, jaquetas tipo bombers (elas de novo), e nas calças mais curtas e largas. Macacões justos também marcaram presença. A trilha sonora com DJ inglês criou um clima meio clubber dos anos 80, época em que a estilista Gina Guerra foi buscar referências para fazer a coleção. “Foi quando comecei a me interessar por moda, pois não gostava do que via nas lojas e produzia minhas próprias roupas.”
Opostos
Os outros dois desfiles foram completamente diferentes entre si.  A grife Apartamento 03, do estilista Luiz Claudio, pensou no luxo para fazer sua coleção, bem acabada, mas levemente soturna. Ele se inspirou no quartinho de uma tia-avó que guardava seus “luxos” lá, como algumas peças de roupas finas.  Outra inspiração foi um vestido de noiva que ganhou de uma amiga, que se casou há 30 anos. A mesma peça foi usada também pela filha dela. Depois, ela deu o vestido, que possuía 3,7 mil flores de crochê de lã aplicadas ao estilista. Algumas dessas flores ele usou em peças como camisas e vestidos.  “Isso é um luxo”, afirmou.

O preto e o branco dominaram a coleção, como nos casacos em que foram aplicadas fitas grossas de gorgurão. Num deles, o branco, foram usados 60 metros da fita. A coleção tinha o comprimento mídi e apresentava também transparências e flores pretas aplicadas. Alguns casacos de lã pretos tinham aplicação de fios de cristal nas laterais.

A última marca da noite foi a moda jovem John John que estreia tanto em feiras quanto em desfiles.  Não trouxe novidade em tendências, apenas sua modinha jovem, com shorts de barra desfiada, misturada a blusas transparentes, jaquetas, saias, calças e camisas. Apenas uma vitrine de seu estilo.